Apostar em corridas de cavalos

Colocar apostas em corridas de cavalos pode ser simples, mas entender o significado dos termos utilizados e o funcionamento do desporto em si não é tarefa muito fácil, até porque em países diferentes as regras nem sempre são as mesmas. Iremos focar o nosso guia no principal mercado de apostas em cavalos: o britânico.

As corridas inglesas e irlandesas são responsáveis pela grande maioria das apostas online na Europa e antes de mais, convém esclarecer as diferenças básicas e os tipos de corridas existentes:

 

Tipos de Corrida:

Corrida Steeplechase

corrida de saltos do tipo Steeplechase ou simplesmente “Chase”

Flat: são as que ocorrem em superfícies sem obstáculos, sejam elas planas ou com inclinações. Podem ser feitas em circuitos, em linha reta ou qualquer outra espécie de traçado. Ocorrem mais frequentemente na primavera e verão.

“Jumping” ou saltos: como o próprio nome indica, nada mais são do que corridas “flat” com a inclusão de obstáculos. Muito populares no Reino Unido e Irlanda, ocorrem essencialmente nos meses mais frios. Estão basicamente divididas em 2 tipos: Hurdles e Steeplechases. Numa corrida de “Hurdles” estão obstáculos normais e praticamente iguais entre si, enquanto numa corrida “Chase” encontram-se uma variedade de obstáculos tais como saltos convencionais, saltos sobre água, etc.

 

Tipos de Superfície:

as corridas de cavalos podem ocorrer em diversos tipos de piso, sendo que essencialmente são 2 os escolhidos:

corrida cavalos sintético

corrida de cavalos realizada em piso sintético (all weather)

Relva (Turf): extremamente popular no Reino Unido, é nesta superfície que ocorrem as maiores e mais bem pagas corridas do ano. É de referir que as corridas de obstáculos são sempre na relva, nunca em outro tipo de superfície.

Sintético (All-Weather): é um piso artificial que simula terra, mas com propriedades diferentes. Como o próprio nome indica, tem a vantagem de não ser tão afectado pelo mau tempo como uma pista de terra tradicional, que fica encharcada e muito pesada quando chove. É usado em praticamente todos os circuitos ingleses e irlandeses que promovem corridas “flat”.

 

Condições da Pista:

Dizer que uma corrida é realizada no turf ou num circuito sintético não chega. É preciso saber em que condições está a superfície, pois nem todos os cavalos gostam de pisos muito pesados, lentos ou rápidos. Cada cavalo corre melhor em um tipo de terreno e saber as condições da pista é essencial para comparar com as performances anteriores. Os circuitos “All-Weather” praticamente não variam de condições e na esmagadora maioria dos casos estão listados como “Standard”, portanto iremos focar apenas no mercado principal, o Turf. Sendo assim, no Reino Unido e Irlanda o piso pode ser classificado em determinado dia como:

– Hard: piso muito duro e seco, é uma situação bastante rara

– Firm: piso firme e seco

– Good to firm:  piso seco

– Good: bom piso

– Good to Soft: bom piso ligeiramente molhado e macio

– Soft: piso molhado, macio, lento

– Heavy: piso molhado quase encharcado, muito lento

 

Distância e unidades de medida:

corrida cavalos em Royal Ascot

corrida do tipo “flat” em Ascot – uma das mais importantes e mais prestigiadas do calendário

As unidades utilizadas para medir a distância das corridas de cavalos são os furlongs. Um furlong equivale à oitava parte de uma milha, ou pouco mais de 200 metros (201,17m para sermos mais precisos). Por vezes, quando a distância não é exata, podem ser usadas jardas como complemento. Por exemplo, uma corrida pode ser expressa por 5f100y (5 furlongs e 100 jardas). Sabendo que 1 jarda equivale a cerca de 92 centímetros, não é difícil calcular a distância em metros. Neste caso após algumas contas bastante simples concluimos que 5f100y equivalem a pouco mais de 1100 metros. Ou por exemplo, poderíamos ter uma corrida de 2m1f (duas milhas e um furlong). Sabendo que 1 milha são 8 furlongs, concluimos rapidamente que 2 milhas e 1 furlong equivalem a 17 furlongs ou pouco mais de 3400 metros. Alguns outros exemplos de conversão podem ser encontrados abaixo:

7f = 1408 metros

2m6f110y = 16f+6f+110y = 22f+110y = 4426m + 100.5m = 4526,50 metros

3m = 24f = 4828,03 metros

1m3f = 8f+3f = 11f = 2212,85 metros

As corridas “flat” começam nos 5 furlongs e podem chegar aos 16 ou mais. As distâncias mais comuns são 5f, 6f, 7f, 8f, 10f e 12f.  Corridas de 5 e 6 furlongs são normalmente chamadas de “sprints”.

As corridas de obstáculos habitualmente nunca são inferiores a 2 milhas (16f), sendo que as distâncias mais comuns são 2m, 2m4f, 2m6f, 3m mas podem mesmo chegar a uns incríveis 4m4f ou cerca de 7 quilómetros.

Para definir a distância entre os cavalos numa corrida, utiliza-se habitualmente a expressão “lenght”, ou “lenghts” no plural, que é basicamente a medida aproximada do corpo de 1 cavalo. Por exemplo, se no final de uma corrida encontrarmos a informação que determinado cavalo venceu por “5 lenghts”, isto significa que “o segundo cavalo ficou a mais ou menos 5 corpos de distância”.

 

Classes de corrida

Cada cavalo tem o seu limite, e se for incluído numa corrida que inclui outros cavalos com muito maior potencial, será obviamente batido por uma longa margem. Assim como um corredor que está habituado a disputar um campeonato de amadores quando incluído entre os melhores do mundo será “humilhado”. Por esta razão, as corridas estão divididas numa série de classes, de acordo com o nível dos cavalos. Do nível mais alto para o mais baixo, temos (apenas em relação a flat):

– Classe 1 Grupo 1 (são as corridas de “top”, o melhor entre os melhores)

– Classe 1 Grupo 2

– Classe 1 Grupo 3

– Classe 1 Listed

– Classe 2, Classe 3, Classe 4, Classe 5, Classe 6 e Classe 7 (a mais baixa de todas).

Dentro destas classes podemos ter diversos tipos de corrida, como Handicaps, Maiden (só para cavalos que nunca venceram), Novatos, Aprendizes, Amadores, Leilões, Vendas, enfim, uma série interminável de expressões que não explicaremos em detalhe pois só com o tempo e a experiência conseguirá perceber melhor.

O sistema de classes das corridas de obstáculos é ligeiramente diferente, mas percebendo esta estrutura estará apto a compreendê-lo com alguma facilidade.

 

Compreender a forma dos cavalos

Uma vez que este desporto é extremamente popular entre os britânicos, existem diversos sites com informações gratuitas a respeito dos resultados e histórico anterior de determinado cavalo, sendo que o mais popular de todos é o Racing Post , a “bíblia” dos apostadores em cavalos. Neste site é possível encontrar informação bastante útil sobre todas as corridas do dia, com detalhes sobre todos os participantes, jockeys, treinadores, condições da pista, superfície, peso, etc. Explicaremos de forma suscinta como interpretar uma corrida, ou pelo menos os aspectos mais importantes da mesma:

– Ao abrir o site http://betting.racingpost.com/horses/cards/ encontra a lista das corridas do dia. Se clicar numa delas (que ainda não ocorreu, vai obter uma imagem como esta:

 

forma cavalos

faça clique para aumentar a imagem

 

– Antes de mais, selecione todas as opções do separador “Show all” (assinaladas com a seta vermelha), ou seja, marque os itens “Comments”, “Age, Weight & OR”, “Trainer and Jockey”, “Form” para que a sua imagem fique similar à que está acima.

– Na parte superior da imagem encontra a descrição da corrida: Kempton (nome da pista), AW (superfície All-Weather, conforme mencionamos mais acima no artigo), Classe 4, Prémio para o vencedor (neste caso £3,752), número de corredores (8), Distância (1m), estado do piso (Standard).

– Para cada um dos cavalos pode verificar as cores do equipamento, o Jockey, treinador, peso e chance de vitória (segundo os dados do automáticos do site). Além disso tem ainda à sua disposição o número, a posição de partida e os últimos resultados e um pequeno comentário a respeito do mesmo. Por exemplo, para este cavalo:

 

forma cavalos apostas

 

Da esquerda para a direita, sabemos que o cavalo é o número 3, que sai da posição 8, que nas últimas corridas ficou em 7º, 3º. 1º, 1º, que o treinador é William Haggas, o jockey Seb Sanders, o cavalo tem 2 anos de idade, carrega um peso de “9-6”, e que tem uma cotação “oficial” de 77 (esta escala vai até aos 140). Quanto à chance do mesmo, o site comenta “Improved with each run, good C&D h’cap win latest, up 4lb”, o que traduzido para linguagem “humana” é o mesmo que dizer que o cavalo está melhor a cada corrida, que teve uma boa vitória neste mesmo circuito e distância (C&D) na última prova de handicap, e que está mais pesado 4 libras desta vez.

Para as linhas individuais que representam as últimas corridas, a interpretação também é fácil:

 

corridas cavalos

 

Na primeira linha temos  Kem 8St C42yHc 3K   8-11  1/7(shd Hiking 9-4)  5/1 . Ao passarmos o rato por cima destes números, obtemos informação mais detalhada, no entanto, temos:

Kem 8St C42yHc significa: circuito Kempton, 8 furlongs, piso Standard, Classe 4, 2 years-old, Handicap.  3K é o prémio do vencedor da corrida, 8-11 é o peso, 1/7 significa que ficou em primeiro entre 7, e shd é a distância para o segundo, neste caso “Short-head” é a menor das distâncias, ou seja, menos de uma cabeça. Se reparar por exemplo na terceira linha, o cavalo ficou em 3/10 com 1 3/4L de distância para o vencedor, ou seja 1 “lenght” e 3/4.  Ainda na primeira linha, “Hiking” é o nome do segundo classificado e 5/1 são as odds.

Pode parecer muito complicado, mas com alguma prática apanha-se facilmente a forma mais fácil de interpretar estes dados. Se estiver completamente à vontade com a terminologia em inglês, pode clicar no link “How to read a card” que encontra na parte superior das corridas e terá uma descrição mais detalhada de cada uma das variáveis que envolvem a corrida.

Agora que já conhece os conceitos básicos das corridas de cavalos, talvez seja a altura de experimentar um dos sites que oferecem apostas neses desporto:

 

Melhores sites para apostar em cavalos:

Nem todos os sites de apostas oferecem corridas de cavalos. Sendo este um desporto bastante específico e que envolve algum conhecimento e profissionalismo, só é comum encontrar ofertas nos sites ingleses e alguns poucos outros espalhados pela Europa. Na nossa opinião, as melhores ofertas são:

10BET – site com bastante experiência que oferece corridas no Reino Unido e diversos outros países. Bom bonus de abertura para novos clientes.

Bet365 – todas as principais corridas inglesas e irlandesas, com video em direto incluído mediante uma aposta mínima de € 0.50.

Betfair – um dos desportos mais procurados na maior “Exchange” do mundo. Milhões de euros correspondidos todos os dias em corridas. Vídeo em direto mediante apostas de 6 euros (ainda que faça back e lay na mesma seleção). Pode encontrar também uma grande oferta de corridas americanas, australianas e de muitos outros países com menos expressão.

William Hill – com o mesmo nível de serviço oferecido pela bet365, é também uma escolha segura e fiável. Video em direto disponível.

Sportingbet – as principais corridas britânicas estão disponíveis todos os dias na Sportingbet.

BetVictor – outro dos sites que oferece apostas em cavalos 24h por dia, com segurança garantida. em inglês.

PaddyPower – Tem uma ótima oferta e promoções exclusivas para corridas, com o “handicap” do site ser exclusivamente em inglês.

Veja a seguir: Apostar em direto

Veja também: Lista completa de sites de apostas recomendados

Receba Bonus Exclusivos no seu E-mail

Receba Bonus Exclusivos no seu E-mail

Subscreva a nossa mailing list (não cedemos dados a terceiros nem enviamos spam)

Obrigado pela sua subscrição! Em breve terá novidades.